dez 07

III ENCONTRO DE CORAIS DOS TRIBUNAIS DE CONTAS DO BRASIL

Entrega de troféus e grande coro encerraram o III Encontro Nacional de Corais dos TC’s

03/12/2012 – Por Aurélio Marques

 

 

Ao encerrar às atividades do III Encontro Nacional de Corais dos Tribunais de Contas, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, na manhã de sábado (01/12), o conselheiro corregedor do TCE-MS, Ronaldo Chadid participou da cerimonia fazendo a entrega dos troféus e certificados aos regentes e coordenadores de cada coral. Ao final, os integrantes de todos os corais formaram um Grande Coro. Cantaram “O Belo”, no arranjo de Ricardo Franzini e “Uma Benção Antiga” de Denes Agay.

Na ocasião o conselheiro afirmou que é papel do poder público, especialmente dos tribunais de contas promover ações culturais. “A criação e a manutenção dos corais sem sombra de dúvidas é uma forma de estreitar as relações, fortalecer as amizades e trocar experiências, de promover esse congraçamento que Mato Grosso do Sul está proporcionando neste momento”, afirmou.
O conselheiro lembrou ainda dos 18 anos em que a maestrina Reny Graeff Sudbrak esteve a frente do Coral do TCE-MS. “Ela, com seus argumentos, com seus encantamentos consegue a cada presidência que assume o nosso Tribunal, convence-los de que através da arte nós conseguimos trabalhar melhor”.
Ainda na manhã de sábado os corais dos estados do Amazonas e Mato Grosso fizeram as últimas apresentações do encontro. Com uma composição regional, o Coral do TCE-AM iniciou sua apresentação, regido pelo Profº Ahmed da Silva Assis, com “Não Mate a Mata”, seguida de “Al Shlosha D’Varim”, cantada em Hebráico, além de “Samba do Avião” de Tom Jobim e finalizando com “Amazônia” de Cezar Elbert.
Já o Coral do TCE-MT, tendo como regente o Profº Carlos Taubaté emocionou a todos cantando “João Valentão”, de Dorial Caymmi, “Jardim da Fantasia” de Paulinho Pedra Azul além de “Fato Consumado” de Djavan e “Chiquilin de Bachín” de Astor Piazzolla.
Sexta-feira – A programação da sexta-feira (30/11) começou às 19 horas e contou com a apresentação dos corais dos estados do Rio Grande do Norte, São Paulo, Ceará, Distrito Federal, Paraíba e Rio Grande do Sul.
A primeira apresentação da noite foi do Coral Canto de Contas do TCE-RN, que trouxe ao público presente a composição do artista regional Pedro Mendes “Linda Baby”, seguida de um pout-pourri da Jovem Guarda, que agitou a plateia, além de “Baião” de Luiz Gonzaga e “Feiticeira” de Carlos Alexandre, regidas pelo Profº Fábio Rogério Cruz.
Já o Coral dos Servidores do TCM-SP, regido pelo Profº William Guedes, presenteou o público com “Nada Será Como Antes” de Milton Nascimento. “Eu vou seguir” de Marina Elali, “Sina” de Djavan e “Sampa” de Caetano Veloso com direito a arranjo de “Ovelha Negra” de Rita Lee.
Na sequencia o Coral de Contas Terra da Luz do TCM-CE, brindou a todos com “O Pai Nosso Sertanejo”, “No Ceará é assim”, “Fascinação” e por fim a Profª Repegá Fermanian conduziu um pout-pourri composto por “Cintura Fina”, “Só Quero um Xodó” e “Numa Sala de Reboco”.
Regido pela Profª Claudia Costa, o Coral do TC-DF apresentou o pout-pourri Brasília, “I’ll Ask of You (Olha nos Meus Olhos)”, interpretação de Emílio Santiago, “Deus é Amor”, além da belíssima “Aquarela do Brasil” de Ari Barroso.
O Coral do TCE-PB, que tem como regente o Profº João Alberto Gurgel, encantou a plateia com “O Fortuna Imperatrix Mundi” de Carl Orff, “Flores” “Nessun Dorma” e “São João de Seu Lula” com arranjo de João Alberto Gurgel.

A última apresentação da noite ficou por conta do Coral do TCE-RS, que sob a regência da Profª Maristela Zancan apresentou “Liberdade” de Ronaldo Miranda, sobre um poema de Fernando Pessoa, “Canta Mais” de Tom Jobim e Vinicius de Morais, “Gaudêncio Sete Luas” e “I’m Gonna Sing”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>